Às vezes precisamos de poucos minutos para conseguir enxergar soluções importantes para nossa vida

Tendemos a achar que a razão rege nossa vida e comanda todas nossas decisões. Com isso, corremos o risco de deixar em segundo plano o que nossa percepção nos comunica o tempo todo. Isso é muito claro durante os atendimentos que tenho realizado por meio da Terapia Focada das Emoções. A pessoa tem algo que não vai bem em sua vida e, durante o atendimento, ela define o que quer trabalhar naquele momento.

À medida que o atendimento acontece, quando a pessoa fica fixa no mental, no racional, em querer entender, querer explicações, ela se afasta de seus sentimentos e de suas percepções e o processo simplesmente para. Nada acontece mais. É preciso que a pessoa retome o que está sentindo, sem julgamentos, sem intenções, sem querer definir como as coisas devem acontecer. É preciso que se abra para o que se mostra. Isso é trabalhado durante a sessão. Quando a pessoa se permite abrir “o coração” e se conectar com o que vem do mais profundo de seu ser, o atendimento flui naturalmente, trazendo cenas importantes que estão por trás do que está lhe afligindo. É  um trabalho muito profundo e ao mesmo tempo simples. Basta manter a conexão nos sentimentos que, com isso, a vida mostra para a pessoa o que ela tem evitado perceber.

Essa evitação é muitas vezes uma forma como a pessoa reage, inconscientemente, para afastar-se de alguma dor profunda. Por isso, precisa ser respeitada e acolhida, sem pressa, com muito amor por tudo que houve e tudo que há. Só assim, olhando de coração aberto para o que a vida tem a nos oferecer, podemos voltar a seguir em paz.

Gostou dessas dicas? Veja aqui também alguns passos que vão te ajudar a desenvolver inteligência emocional.

Botão direcionando os leitores para o download de um ebook

"Às vezes precisamos de poucos minutos para conseguir enxergar soluções importantes para nossa vida", 5 out of 5 based on 1 ratings.
Elen De Paula Ribeiro

Elen de Paula Ribeiro

Como psicóloga, busco ajudar o cliente que esteja insatisfeito com algum aspecto de sua vida; que deseja compreender as causas de seu sofrimento e encontrar formas de superá-lo, como por exemplo, conflitos psicológicos, casamento, trabalho, entre outros.
Prezo por um método que incentiva o diálogo constante e vínculo colaborativo entre terapeuta e cliente. Participo ativamente do processo terapêutico fazendo perguntas e propondo atividades que levem o cliente a compreender melhor seu problema e desenvolver estratégias para superá-lo.
Busco promover a autonomia da pessoa, de forma que ela própria seja capaz, no futuro, de identificar fatores desencadeadores de problemas e eliminá-los, evitando recaídas.
Concluíndo, pauto sempre pelo conhecimento científico em Psicologia; conheço e respeito a ética; atuo em diferentes contextos considerando as necessidades sociais e os direitos humanos.
Elen De Paula Ribeiro

Elen De Paula Ribeiro

Como psicóloga, busco ajudar o cliente que esteja insatisfeito com algum aspecto de sua vida; que deseja compreender as causas de seu sofrimento e encontrar formas de superá-lo, como por exemplo, conflitos psicológicos, casamento, trabalho, entre outros. Prezo por um método que incentiva o diálogo constante e vínculo colaborativo entre terapeuta e cliente. Participo ativamente do processo terapêutico fazendo perguntas e propondo atividades que levem o cliente a compreender melhor seu problema e desenvolver estratégias para superá-lo. Busco promover a autonomia da pessoa, de forma que ela própria seja capaz, no futuro, de identificar fatores desencadeadores de problemas e eliminá-los, evitando recaídas. Concluíndo, pauto sempre pelo conhecimento científico em Psicologia; conheço e respeito a ética; atuo em diferentes contextos considerando as necessidades sociais e os direitos humanos.

Deixe uma resposta