mão segurando relógio diante de uma paisagem

Vamos falar sobre Bem Estar!

Normalmente iniciamos o ano novo com muitas responsabilidades, projetos e até falta de tempo. Renovar matrícula da faculdade ou escola; correr atrás de material escolar dos filhos, procurar um novo emprego são algumas atividades comuns no início de um novo ano.

A correria pode nos mover e nos impulsionar durante o dia a dia. Porém, você já parou para pensar que desde o dia em que nascemos somos influenciados pela família e pela sociedade a correr, não ficar parado e estar em contante produção?

Então nós crescemos buscando primeiramente por boas notas e por passar regularmente na escola. Depois por ser aprovado em uma boa faculdade e em um excelente curso; um bom emprego, em seguida outro emprego com melhor remuneração e por aí vai… Ufa! Depois de tanta corrida, você está bem?

Corremos tanto para adquirir conforto e bem estar, mas em que momento da vida conquistamos?

Afinal, o que é bem estar?

Pessoalmente, definiria bem estar como uma sensação física e mental de leveza, calmaria, tranquilidade interior. Um estado próximo ao relaxamento, mas com uma consciência plena dos vários estímulos internos e a nossa volta…

Para o dicionário online de Português, bem-estar significa:

“s.m.Condição de quem se encontra satisfeito (fisicamente ou mentalmente). Estado da pessoa tranquila; condição daquele que está seguro ou confortável; tranquilidade. A reunião dos elementos que causam satisfação como: saúde, segurança, estabilidade financeira, conforto etc.”

Nossa realidade

Desde jovens somos cobrados a fazer escolhas, assumir responsabilidades, e acabamos nos inserindo numa cultura consumista de falsa felicidade, nos distanciando cada vez mais de atividades de lazer que nos traz boa saúde emocional e bem estar. Resultado disso é o crescente número observado em nossa sociedade, de casos de transtornos de ansiedade, depressão, suicídio, uso abusivo de álcool e outras drogas, etc.

O que te provoca bem estar?

  • Andar de bicicleta, ao ar livre, sentindo o vento no rosto;
  • Praticar uma atividade física sem pretensão estética que te traga alívio de tensões;
  • Preparar e degustar aquela sua comida favorita, que a tempos você não come;
  • Ir a um lugar, passeio, que você mais gosta, na companhia de uma pessoa especial, com aquela roupa especial;

Estas são apenas algumas dicas de como podemos promover em nosso dia-a-dia mudanças e pequenas doses de bem estar.

Quando foi a última vez que você se sentiu bem, confortável com você mesma e com suas relações sociais? Se após ler esse texto, você percebeu que não se sente assim há muito tempo, independente da época do ano, procurar orientação psicológica é uma boa alternativa para a promoção do seu bem estar.

Se você gostou desse texto compartilhe em suas redes sociais e leia também o nosso texto sobre inteligência emocional.

Referencia: <https://www.dicio.com.br/bem-estar/>

"Vamos falar sobre Bem Estar!", 5 out of 5 based on 2 ratings.
Fabricia Machado Falco

Fabricia Machado Falco

Psicóloga com ampla experiência nos contextos da clínica e hospitalar/saúde. Especialista em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental (Estácio de Sá), com formação em Psicologia da Saúde e Hospitalar (IBAC), trabalho na assistência psicológica de pacientes com transtornos de ansiedade, estresse, transtornos do humor; orientação de pais; apoio e acolhimento em contexto pré-hospitalar/ cirúrgico; apoio e orientação pré-natal; puerpério; psico oncologia; transtornos alimentares; cirurgia bariátrica; etc. Disponibilizo horários não comerciais para melhor atender pacientes fora do seu turno de trabalho.
Fabricia Machado Falco

Últimos posts por Fabricia Machado Falco (exibir todos)

5 thoughts on “Vamos falar sobre Bem Estar!

  1. LANÇAMENTO!
    A Editora Pontocom anuncia o lançamento da segunda edição de QUEM CUIDA DO CUIDADOR?, de Eugenio Paes Campos (Doutor em Psicologia e Professor Titular do UNIFESO). O livro apresenta uma nova modalidade de relacionamento, dentro das equipes de saúde, fundamentada na teoria de Winnicott. A ideia central é a de propiciar aos profissionais de saúde, enquanto cuidadores, a possibilidade de vivenciarem um ambiente de apoio a partir do próprio relacionamento da equipe.
    DOWNLOAD GRATUITO – assim como todos os demais livros da Editora Pontocom!
    http://www.editorapontocom.com.br

Deixe uma resposta