Saiba qual a melhor forma de lidar com pessoas do seu trabalho

O despertador dispara: é hora de levantar e enfrentar mais um dia estressante no ambiente de trabalho. Intrigas, conflitos com os colegas, desentendimentos, só de pensar em tudo o que está por vir, começa a bater uma ansiedade. Esse cenário é familiar para você? Sabe como lidar com pessoas com as quais trabalha e manter uma convivência harmônica e produtiva?

Se você enfrenta problemas de relacionamento no contexto profissional, não se preocupe, a maioria das pessoas passa por isso. Entretanto, há formas de melhorar essa situação e criar um ambiente mais favorável.

Continue lendo este post e veja algumas dicas que podem transformar sua forma de se relacionar com os colegas de trabalho.

Por que manter bons relacionamentos no ambiente de trabalho?

Conviver com pessoas não é fácil em nenhum contexto. Seja na família, nos relacionamentos amorosos, entre amigos ou no ambiente de trabalho, os conflitos sempre vão surgir. Afinal, são diferentes personalidades, crenças e padrões de comportamento, que foram desenhados de acordo com a história de vida de cada um.

Manter boas relações no local de trabalho é essencial. Principalmente porque é lá que passamos a maior parte do nosso tempo. Convivemos mais com os colegas da empresa do que com nossos familiares.

Nesse sentido, muitos dos nossos pensamentos e sentimentos são desenvolvidos no trabalho, a partir das relações vividas nesse ambiente. Essa convivência pode proporcionar experiências agradáveis e construtivas ou provocar sensações desgastantes, como estresse, frustração e até desmotivação para trabalhar.

Como lidar com pessoas e conflitos no contexto profissional?

Para que as relações interpessoais no ambiente de trabalho sejam construídas com harmonia e favoreçam o bem-estar e o bom desempenho da equipe, é ideal tomar alguns cuidados. Veja algumas dicas que podem ajudar você a nutrir relacionamentos mais saudáveis:

Seja flexível

Avalie bem a situação antes de assumir um posicionamento diante de um conflito. Tente observar os fatos por diferentes ângulos. Observe se o problema está somente no seu colega de trabalho ou se são as suas próprias interpretações e reações que estão prejudicando seu relacionamento com as pessoas.

O certo é que não temos controle sobre as ações dos outros. Se queremos que uma situação melhore, não podemos esperar ou exigir que isso venha de fora, só temos poder para transformar o que nós sentimos e como agimos. A melhor forma de impedir que um conflito tome maiores proporções é não atribuir a ele uma importância maior do que realmente existe.

Mantenha distância

Em casos de diferenças constantes de postura e opinião, que geram estresse e fragilizam o convívio, você pode dar início a uma série de confrontos ou recuar. Por isso, quando convivemos em relações complexas e nutridas por divergências frequentes, o melhor a fazer, se possível, é distanciar-se, isso evita o desgaste emocional e a multiplicação dos problemas.

Não permitir muita proximidade também é uma dica válida no convívio com os pessimistas. Pessoas negativas consomem a energia e motivação dos que estão ao redor. Como não conseguem sair da estagnação, também acabam, de certa forma, interferindo na evolução dos outros.

Tenha diálogos assertivos

Recuar e manter distância de algumas pessoas não significa “engolir” tudo e remoer desaforos calado. Ao contrário, chamar os colegas para uma conversa franca pode ser a solução para vários desentendimentos. Mas qualquer diálogo deve ser norteado pela assertividade, o que é bem diferente de “tomar satisfações”.

Em geral, existem três tipos de pessoas: o agressivo, que tenta resolver tudo na base da discussão e na lei do “mais forte / quem fala mais ato / quem tem mais razão”; o passivo, que tem dificuldade para se posicionar e sempre se cala para não magoar os outros; o assertivo, que consegue expressar o que pensa e o que sente com clareza e objetividade, mas com gentileza e empatia, buscando não ofender os demais.

Em resumo, nenhuma convivência é fácil, nenhum relacionamento interpessoal está imune aos conflitos e desentendimentos. Lidar com pessoas do trabalho, ou de qualquer outro ambiente, exige um exercício contínuo de empatia, flexibilidade e paciência. Cabe a você escolher entre agravar a situação ou torná-la mais agradável.

Se você gostou deste post, não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber mais conteúdos sobre bem-estar emocional e orientação psicológica. 

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *