Custo benefício: orientação psicológica vale a pena?

foto de um homem triste por problemas emocionais

Valorizar e investir na própria saúde deveria ser uma prioridade para todas as pessoas, mas isso nem sempre acontece. Muitas pessoas alegam que os custos dos serviços psicológicos são altos e neste texto vamos abordar o custo benefício de investir em sua saúde emocional e qualidade de vida, leia até o fim para tirar sua própria conclusão.

Será que os altos custos das consequências trazidas por um desajustamento emocional, conflitos pessoais e profissionais são maiores que o investimento no tratamento psicológico?

A dor, a exaustão emocional e o fato de alimentarmos alguns sentimentos, os quais podemos denominar de sentimentos tóxicos, trazem sérios prejuízos para a nossa saúde psíquica e física. O que incomoda a nossa psique reflete no nosso corpo e o inverso também é verdadeiro.

Saúde emocional: qual o custo benefício?

Sem saúde emocional não há parcimônia mente/corpo, por isso a necessidade de equilíbrio entre ambos. Este equilíbrio pode ser encontrado com ajuda profissional do psicólogo, o qual está qualificado para entender, amparar e clarificar algumas situações que impedem a pessoa de crescer e sair de um limbo psíquico que sabotam pensamentos e comportamentos.

Portanto, vale colocar na balança o que você prefere:

– Deixar que determinadas situações se tornem recorrentes e levem ao adoecimento psíquico e físico?

– Ou, realizar o que chamamos de faxina emocional e melhorar a autoestima, resgatar a autoconfiança e o autocontrole?

Quanto vale sofrimento e inquietações emocionais?

É doloroso pensar e refletir sobre questões que nos incomodam. O acompanhamento psicológico envolve análise das suas emoções, atitudes, angústias, inseguranças, sentimentos negativos, medos e aflições.

Porém para conquistarmos uma melhor qualidade de vida é importante enfrentar nossa resistência e olhar com carinho para o que nos incomoda, do contrário esses sentimentos que cercam a nossa vida tornam-se limitantes e nos paralisam. Se nos anteciparmos e cuidarmos de nossas emoções podemos atingir um melhor gerenciamento da nossa vida; de forma a alcançarmos condições ideais e de desempenho e produtividade no cotidiano.

Quanto custa nossa qualidade de vida?

O fato de aceitarmos que queremos mudar já é um grande passo. A ajuda profissional vem  agregar nesse processo. Portanto, quando pensamos em custo benefício devemos levar em consideração o investimento financeiro e os ganhos deste investimento; uma psique saudável é tão importante quanto o cuidado com o corpo físico.

O processo de ressignificar, transformar sua realidade e reajustar padrões emocionais disfuncionais demandam ajuda profissional, pois o mesmo vai ajudar o paciente a reestruturar-se, enxergar seu próprio potencial e perceber hábitos inconsciente, o que irá promover uma melhoria no seu funcionamento emocional e cognitivo.

Porque não conversar com um amigo?

A psicologia está para além do senso comum.  O profissional deve passar por um curso de formação além de um processo de qualificação e aperfeiçoamento contínuos para atender a demanda da subjetividade humana com as abordagens e técnicas adequadas.

Toda mudança começa a partir de você, no entanto, o processo de ressignificar e interpretar a si mesmo não é um processo solitário. É necessária a intervenção de um olhar técnico, um profissional que irá abordar suas questões de forma neutra, sem preconceitos ou julgamentos, para isso há todo um preparo teórico, técnico e prático.

Nós seres humanos trazemos questões inconscientes que muitas vezes tornam-se obstáculos do dia a dia, interrompendo ciclos de vida importantes no desenvolvimento pessoal. Para dar conta de toda essa subjetividade são anos de estudos que o profissional investe. Isto tudo na intenção de oferecer o melhor tratamento possível a todos que buscam ajuda!

 

Encontre um atendimento psicológico online

"Custo benefício: orientação psicológica vale a pena?", 5 out of 5 based on 3 ratings.
0
Maria Isabel Azambuja da Cunha

Maria Isabel Azambuja da Cunha

Psicóloga formada há 18 anos. com Formação em Avaliação Clínica, Aperfeiçoamento em Psicologia Hospitalar e Psicossomática e Psico-oncologia, Especializações em Educação Especial e diversos outros cursos na área. Psicóloga clínica e institucional com ampla experiência em atendimento psicoterapêutico com crianças, adolescentes, adultos e terceira idade, reabilitação neuropsicológica e atendimento funcional para empresas.
Professora de cursos profissionalizantes e docência nas disciplinas de psicologia da aprendizagem e psicologia aplicada à administração.
Além dos horários na agenda, outros horários podem ser oferecidos conforme a demanda. Entre em contato através do meu e-mail isabelazpsico@gmail.com para acharmos um horário que melhor se adeque à sua necessidade. Cuide de sua saúde mental!

¨ Os problemas nunca vão desaparecer, mesmo na mais bela existência. Problemas existem para serem resolvidos, e não para perturbar-nos.¨(Augusto Cury).

Maria Isabel Azambuja da Cunha

Últimos posts por Maria Isabel Azambuja da Cunha (exibir todos)

Maria Isabel Azambuja da Cunha

Psicóloga formada há 18 anos. com Formação em Avaliação Clínica, Aperfeiçoamento em Psicologia Hospitalar e Psicossomática e Psico-oncologia, Especializações em Educação Especial e diversos outros cursos na área. Psicóloga clínica e institucional com ampla experiência em atendimento psicoterapêutico com crianças, adolescentes, adultos e terceira idade, reabilitação neuropsicológica e atendimento funcional para empresas. Professora de cursos profissionalizantes e docência nas disciplinas de psicologia da aprendizagem e psicologia aplicada à administração. Além dos horários na agenda, outros horários podem ser oferecidos conforme a demanda. Entre em contato através do meu e-mail isabelazpsico@gmail.com para acharmos um horário que melhor se adeque à sua necessidade. Cuide de sua saúde mental! ¨ Os problemas nunca vão desaparecer, mesmo na mais bela existência. Problemas existem para serem resolvidos, e não para perturbar-nos.¨(Augusto Cury).

5 thoughts on “Custo benefício: orientação psicológica vale a pena?

  1. Parabéns, muito bom o artigo acima.
    Certamente sempre precisaremos conversar com alguém que é capacitado para isto, um profissional é sempre a melhor opção. O custo benefício vale mais que tudo. Obrigado.

Deixe uma resposta