6 dicas para prevenir a depressão pós-parto

mulher em depressão pós-parto sentada no chão olhando para seu bebe

Ter um bebê é um momento especial na vida de qualquer mãe. Esse acontecimento gera sentimentos de alegria, satisfação e insegurança ao ter a dimensão da responsabilidade de ter uma vida sob seu controle.

Para aceitar todos esses sentimentos e prevenir a depressão pós-parto, condição tão comum entre as novas mães, algumas dicas são importantes.

No post de hoje você vai conhecer essas dicas, entender como praticá-las para fugir da depressão após dar à luz e viver com felicidade essa nova fase. Acompanhe!

1. Fique de olho em seu histórico

Se você tem parentes próximos que passaram por depressão ou você mesma já passou por essa condição em algum momento da vida, fique atenta à prevenção. É importante procurar um psicólogo nesse momento pode  de confiança para realizar consultas e comece a cuidar de você e de sua saúde mental mesmo antes de ter a criança.

Analisar seu quadro anterior e ter consciência se há uma pré-disposição à depressão pode ser uma excelente forma de preveni-la mesmo antes dos sintomas começarem a aparecer.

2. Preocupe-se com sua saúde

Uma alimentação equilibrada, rica em fibras, água e alimentos naturais podem ajudar seu corpo a funcionar da maneira adequada, incluindo sua mente. A prática de exercícios físicos antes, durante e depois da gravidez, acompanhada por um profissional, também ajuda o corpo a liberar endorfina, a substância do bem-estar e, assim, afastar a depressão.

3. Eleve sua autoestima

Muitas mães se sentem inseguras e até incapazes de ter uma vida sob sua responsabilidade. Faça cursos de como cuidar do seu bebê, leia livros sobre como educar uma criança e pesquise muito. A busca pela informação é uma excelente forma de se manter atualizada e de se sentir pronta para o desafio de educar e cuidar.

4. Cuide de suas relações de amizades e familiares

Nesse momento de novas descobertas, o apoio da família e dos amigos mais próximos pode ser uma grande ajuda no combate à insegurança e ao estresse que a maternidade pode causar nos primeiros meses.

Estreite os laços com o parceiro, com os familiares e com os amigos que você deseja ter por perto para se sentir acolhida e apoiada na hora em que precisar.

5. Planeje-se antes

Depois de ter o bebê, sua preocupação será inteiramente com o novo integrante da família. Portanto, cuide para deixar seus gastos em dia, assim como para comprar tudo o que precisará nos primeiros meses de vida antes de dar à luz.

Deixe tudo planejado para cuidar de seu bebê e dedicar-se a conhecê-lo melhor em seus primeiros momentos fora de sua barriga.

6. Não se cobre tanto

Muitas pessoas sofrem com as cobranças externas de como educar bem o filho, voltar ao corpo de antes da gravidez rapidamente, entre outros fatores que só deixam as mães mais estressadas.

A dica, nesse momento, é confiar em seus instintos e não se cobrar demasiadamente, para que essa fase seja leve e de aprendizado.

Prevenir a depressão pós-parto é possível e depende somente de dar a atenção necessária para os seus sentimentos e cuidar deles. Tenha em mente que sua saúde reflete no crescimento do seu filho e estar bem consigo mesma pode fazer toda a diferença na vida da sua família.

E então? Já está pronta para começar a prevenir a depressão pós-parto? Compartilhe este texto em suas redes sociais e ajude outras mamães a viverem a maternidade com mais leveza!

Leia também o nosso texto sobre carência afetiva e fique atenta a esse sintoma!

 

"6 dicas para prevenir a depressão pós-parto", 5 out of 5 based on 1 ratings.
0
Psicologia Viva

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.

Deixe uma resposta