EQUILÍBRIO EMOCIONAL

Para usufruirmos da vida precisamos estar em estado de relaxamento. Relaxamento mental, sair do estado de estresse, de alerta. Deixarmos de ficar na defensiva sempre querendo “ter razão”.

Uma pessoa relaxada, “de bem com a vida”, “dança conforme a música”. Deixa-se levar…

ENTREGA, CONFIA, ACEITA E AGRADECE.

Essas quatro atitudes, se vivenciadas na sua integridade nos ajudam a usufruir de todos os momentos da vida, mesmo daqueles de extremo estresse e adversidades.

Ninguém escolhe conscientemente adoecer, ter problemas familiares, perder o emprego. Mas isso pode acontecer a qualquer pessoa.

Faça o que estiver a seu alcance para superar e sair dessa “maré de azar”, mas não se desespere. Usufrua da situação para aprender, crescer e amadurecer como ser humano.

Separe-se da situação como se não fosse você o envolvido, analise racionalmente, tome decisões como se estivesse aconselhando um amigo.

Aja, não fique parado esperando as coisas acontecerem por milagre, mas emocionalmente ENTREGUE. Entregue nas mãos dessa força superior, suprema que rege nossa vida. Entregue com o coração e CONFIE que o caminho traçado é o melhor caminho a ser trilhado embora muitas vezes não pareça e seja ele tortuoso e dolorido.

ACEITE, abra seu coração e aceite todas as situações como caminho para a solução do problema mesmo que a princípio pareçam estar na contramão. Deixe-se levar, lembre-se que você agiu, entregou à Força Maior, confiou em seu poder. Agora está na hora de aceitar e finalmente AGRADECER.

Ao manter ativas essas quatro atitudes você terá discernimento cada vez maior para passar pelas adversidades da vida, superando-as e desenvolvendo-se como ser humano autônomo e feliz.

Terá a rédea de sua vida em suas mãos e se apropriará de todas as dádivas que lhe serão oferecidas. Não se importará com rótulos.

Quando aprendemos a aceitar-nos e apreciar-nos sem egoísmo, sem ficarmos agarrados ao ego, em vez de nos afogarmos na negatividade e na autocondenação, começamos a criar qualidades positivas – força, confiança, e sensações de leveza interior.

Ao passar por todo esse processo ninguém poderá tirar-lhe a autoconfiança, você saberá dar-se o devido valor e encontrará a paz interior mesmo nos momentos de turbulência.

Gostou desse texto? Leia também algumas dicas que vão te ajudar a desenvolver inteligência emocional.

"EQUILÍBRIO EMOCIONAL", 5 out of 5 based on 1 ratings.
Ana Rita de Macedo Moura

Ana Rita de Macedo Moura

Psicóloga Clínica pela FUMEC, psicanalista com formação em hipnose ericksoniana. Pedagoga pela UFMG - Orientação Educacional. Tenho trinta anos de prática na clinica e vinte anos de prática em Desenvolvimento Organizacional.
Ana Rita de Macedo Moura

Últimos posts por Ana Rita de Macedo Moura (exibir todos)

Ana Rita de Macedo Moura

Psicóloga Clínica pela FUMEC, psicanalista com formação em hipnose ericksoniana. Pedagoga pela UFMG - Orientação Educacional. Tenho trinta anos de prática na clinica e vinte anos de prática em Desenvolvimento Organizacional.

3 thoughts on “EQUILÍBRIO EMOCIONAL

Deixe uma resposta