4 dicas para voltar ao trabalho após a licença maternidade

Mãe trabalhando após a licença meternidade

A gravidez é, sem dúvida alguma, uma fase repleta de realizações e desafios para as mães e pais. Porém, nada é mais desafiador do que voltar ao trabalho e deixar o bebê tão amado nas mãos de outra pessoa após a licença maternidade. Esse sentimento é comum para a maioria das mães, que relutam ao deixar seus bebês para voltar ao trabalho, podendo desencadear quadros de estresse, ansiedade e depressão.

Neste artigo vamos mostrar que é muito importante para a mãe e para o bebê que a rotina volte ao normal. Para te ajudar, vamos dar 4 dicas de como tornar esse processo menos traumático. Confira!

Tenha pensamento positivo

Encarar qualquer tipo de mudança com o pensamento positivo é primordial para poder unir forças e ultrapassar essa fase difícil. Na volta ao trabalho não é diferente: pense que é muito importante para você retomar suas atividades, assumir responsabilidades em paralelo e continuar em busca do seu objetivo na carreira profissional. Para o bebê, sua ausência também pode ser benéfica: logo cedo, seu filho já se acostumará a ficar longe, garantindo sua independência no futuro.

Fuja do sentimento de culpa

O sentimento de culpa assombra muitas mães no retorno ao mercado de trabalho. Psicólogos garantem que esse sentimento não deve ser alimentado e que, mais importante que a quantidade de horas que você passa com o bebê, é a qualidade desses momentos.

Quando chegar em casa, demonstre toda a saudade que sentiu dele durante o dia, converse, cante e se divirta com ele. O sentimento de culpa por deixar o bebê em casa deve ser substituído pela gratidão e alegria ao chegar em casa e ter ricos momentos com ele.

Planeje a rotina do bebê

O planejamento é a parte mais importante na hora de voltar ao trabalho. Preparando tudo antecipadamente, você ficará mais tranquila durante seu expediente e passará essa sensação ao seu bebê.

Planeje quem será a pessoa ou lugar responsável por ficar com ele; se optar por uma creche ou babá, acompanhe a adaptação da criança e observe seu comportamento nos primeiros dias. Portanto, é importante levar o bebê ou combinar com a babá para que a nova rotina comece antes do início do trabalho, para que você possa acompanhar e, caso haja algo errado, escolher outro profissional ou creche.

Prepare a amamentação para o período após licença maternidade

Se você voltou a trabalhar e seu bebê tem menos de 6 meses, é indicado que você planeje sua amamentação: amamente seu filho antes e depois do trabalho e use a bombinha extratora, retirando o leite para que ele seja amamentado durante o tempo em que você estiver fora. Fique atenta: o leite materno refrigerado tem validade de 24 horas e o congelado pode ser utilizado em até 5 dias.

É possível fazer desse, um período de aprendizado e evolução para a mãe e para o bebê. A volta da licença-maternidade, apesar de dolorida, é saudável e ajuda seu bebê no processo de educação e independência mais rapidamente. Dedicar-se a si mesma e voltar aos seus negócios também é um ato de amor pela sua família. Deixe a culpa de lado, encare o desafio e não desanime!

Gostou das nossas dicas? Tem alguma sugestão para voltar ao trabalho de uma maneira mais suave? Deixe seu comentário! Aproveite para ler também nosso post sobre carência afetiva.

"4 dicas para voltar ao trabalho após a licença maternidade", 5 out of 5 based on 1 ratings.
0
Psicologia Viva

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.

8 thoughts on “4 dicas para voltar ao trabalho após a licença maternidade

Deixe uma resposta