15 thoughts on “Quando devo procurar um psicólogo?

  1. Muito importante ter uma pessoa especializada q VC Confie e q VC ,comece a entender emoções secretas q VC mesmo Não sabia da existência… Vale apenas ter essa Ajuda,bjos,boa Sorte…!!!

    1. Olá Maria do Socorro, a confiança realmente é muito importante na interação psicólogo e pacientes. O Psicologia Viva tem o intuito de ser transparente na exposição de seus psicólogos para facilitar o processo de empatia na escolha de um profissional.

    1. Olá Dany, todas as pessoas passam por momentos de dificuldade na vida. Muitas vezes passamos por momentos em que tudo que precisamos é conversar com alguém. Uma orientação, um conselho, ou mesmo um simples direcionamento pode mudar tudo. Na maioria das situações não queremos ou não podemos conversar com as pessoas mais próximas, e a busca da ajuda de um profissional preparado para orientar pode ser o melhor investimento que fazemos na vida. Acesse consultorio.psicologiaviva.com.br e encontre um psicólogo que possa lhe ajudar.

  2. Bom eu já tive depressão no nascimento de minha primeira filha…é a cada dia tem sido a piorar. Casei mas meu casamento desde o início não foi muito bom pra mim. Porque tive que morar longe de minha família, é meu marido trabalhava a noite ..não me dava atenção. Eu com depressão pós parto,é minha vida tem sido muito difícil. Tive muitas decepções. ..separação, perda de empregos. …Tive que voltar com meus pais…minha família é muito complicada. Brigas…humilhações. ..maltratos com minhas filhas…..vivo sem rumo. Gostaria que alguém me ajudasse.

    1. Adriana, nessas situações o ideal é buscar o auxílio de um profissional. Diferentemente dos amigos e parentes, ele vai conseguir escutar seus problemas de forma imparcial e te ajudar a desenvolver inteligência emocional para que não se abale com as situações externas ou reações de outras pessoas, coisas que você não tem controle.

  3. Me ajudem, por favor não sei o que fazer! Tenho 21 anos, curso uma faculdade pública e tenho sucesso acadêmico (apesar de não gostar do curso), dizem que sou muito bonita, sou religiosa e dedicada. Mas há cerca de 2 anos, venho perdendo o interesse por tudo, as coisas que gostava de fazer perderam a graça, vivo muito estressada com qualquer coisa (minha rotina é uma loucura), e a cada dia é mais difícil me levantar da cama e fingir que estou bem. Um vazio me preenche, como se o mundo estivesse ficando cinza, sinto dores no corpo, crises de choro e angústias do nada. Eu sei que tenho tudo para ser feliz, mas a vida está perdendo a graça e nem sei o motivo. Parece que estou dentro de uma bola gigante e o mudo acontece lá fora, tudo vai ficando lento( meus pensamentos, meus gestos), o barulho externo fica cada vez mais evidente na minha cabeça, não gosto mais de sair de casa, as pessoas me cansam. Não sei o que fazer, já tenho prejuízos na vida acadêmica, não consigo terminar o que começo, tudo me deixa infeliz. Um buraco negro que me engole aos poucos, tenho a sensação de estar morrendo. Às vezes penso que sou ingrata, mas eu juro que tento, só é mais forte que eu. Já disseram que sou preguiçosa por querer só ficar deitada, eu tinha tanta vida e sonhos e me vejo desabando e a cada dia as crises pioram. Estou com medo de pegar depressão, não sei o que fazer, por favor me dêem um norte, só o que peço. Eu quero me levantar, só não consigo, uma onda de positividade surge mas logo vai embora, estou cansada dessas mudanças de humor, por favor, o que faço?! Será que estou ficando louca?

  4. Me sinto uma pessoa tão insignificante que é dificil ate escrever esse comentario , tenho 19 anos ,moro com meu marido e minha filha , nao faço nada da vida , fui demitida ah 5 meses e desde entao procuro loucamente um emprego, passo o dia todo sozinha em casa ,vegetando ,só eu e meus pesamentos que me destroem , tem horas que parece que vou explodir , começo a sentir panico ,tenho que ir pra fora na calçada e respirar. Estou a pouco tempo nesse cidade , nao tenho amigos , nao conheço nada . As vezes penso que tudo isso é por falta de um emprego que se eu arranja algo pra fazer nao ficaria tao entediada , mas quando meu marido me chama pra sair eu simplesmente nao tenho vontade alguma ,e quando decido ir quero voltar logo pra casa, minha vida parece que parou ,nao vai pra frente nem pra tras , estou escrevendo isso aos prantos ,estou vivendo ¨a flor da pele¨.nunca conversei com ninguem a respeito, apenas com meu marido ,mas parei pq ele acha que isso é culpa dele, mas eu sei que nao é ,eu o amo .emfim … ESpero que tenha um tempinho pra me responde

Deixe uma resposta