Casal abraçado no sofá assistindo televisão

7 dicas para manter a saúde do seu relacionamento a dois

Será que a saúde do seu relacionamento está em risco? Na vida real não é como os contos de fadas, em que a história termina antes dos filhos, das brigas e do desgaste do relacionamento a dois. Em contos de fadas, não dá para saber o que acontece depois do famigerado “felizes para sempre”.  

Na realidade da vida a dois, existe excesso de trabalho, preocupações domésticas, educação dos filhos e pouco tempo disponível para o diálogo. E manter a saúde do relacionamento a dois, em meio a tantos desafios, é um exercício diário de paciência.

Lidar com a rotina não é fácil. Combater os efeitos da monotonia no relacionamento é um trabalho que exige dedicação e esforço de ambas as partes. No entanto, nada está perdido quando existe amor.

Por isso, separei aqui algumas dicas de como melhorar o relacionamento amoroso, mesmo em meio às turbulências da vida moderna. Confira!

1. Não deixe passar pequenos incômodos

Muitas vezes, uma relação desgastada é fruto de mágoas passadas que não receberam a devida atenção. Dialogue sempre! Não há mal nenhum em discutir a relação. A famosa DR, tão mal falada por aí, é o caminho mais eficiente para resolver os problemas.

Explique ao seu parceiro o que lhe incomoda, mesmo que pareça pequeno. Pequenas doses de chateações diárias podem se tornar grandes desentendimentos no futuro. Não deixe que isso aconteça.

Além do mais, talvez seu parceiro nem saiba que aquilo que ele faz lhe chateia. Que tal deixar tudo às claras e garantir que esses pequeno probleminhas não voltem a acontecer, não é mesmo?

Quanto antes falamos, melhor é para o relacionamento. Todo comportamento é aprendido, mas é difícil mudar algo que fazemos durante muito tempo. Por isso, se você não gosta que a toalha seja jogada na cama, por exemplo, fale isso o mais rápido possível.

2. Reserve um tempo para vocês

Com a chegada dos filhos, é comum que os casais mudem suas prioridades e que se preocupem muito menos com o relacionamento, que agora já não é mais só a dois. No entanto, é primordial que existam momentos reservados especialmente para o casal.

Separe um dia na semana, ou um fim de semana no mês, só para vocês dois. Saiam para jantar, para ir ao cinema ou para algo que seja prazeroso para os dois e que dê um respiro na vida agitada em família.

Caso não tenham ninguém para deixar as crianças, utilizem o serviço de babás de grandes agências. Assim suas crianças ficam com um profissional bem treinado, com toda a segurança do mundo.

Uma boa dica de passeio é tentar reviver o período do namoro. Lembra daquela época que vocês saiam, iam para o shopping, comiam alguma coisa, assistiam a um filme e terminavam o dia no motel, dormindo coladinhos?

Recrie essas lembranças, elas são especiais para vocês. Graças a esses momentos é que você e seu parceiro se casaram.

3. Não idealize o seu par ou seu relacionamento

Pessoas têm defeitos e isso é um fato com que todos devem aprender a lidar. Muitas vezes, as pessoas idealizam um modelo e querem que seu parceiro, ou até mesmo seu relacionamento, se encaixe perfeitamente nele.

É importante dedicar um tempo para observar as qualidades do outro. Não compare seu relacionamento com o dos outros, pois a grama do vizinho quase sempre parecerá mais verde, exceto para o próprio vizinho.

Em vez de criticar as imperfeições, procure beleza nas ações de seu parceiro. Se ele é um pouco bagunceiro e se atrapalha na cozinha, que tal achar essa inaptidão fofa, em vez de incômoda?

Quanto mais você conhece uma pessoa, mais defeitos serão descobertos, mas também aparecerão mais qualidades. Só depende de você prestar a atenção nas coisas certas e, claro, conversar quando algo realmente não lhe agradar (como falei na primeira dica).

4. Releve sempre que possível

Aquela toalha jogada em cima da cama é realmente motivo para briga? Pense nas coisas que realmente são importantes e que fazem diferença no dia a dia. Abra mão de discutir o que não for primordial.

Muitos relacionamentos acabam desgastados por pequenos conflitos desnecessários. Às vezes só você está um pouco estressado e acaba descontando essa frustração no seu parceiro. Por isso, pense duas vezes antes de levantar a voz ou usar palavras duras.

É claro que se algo lhe incomoda, você deve, sim, falar e mostrar sua insatisfação. Mas isso deve ser feito com cuidado, sem críticas. Um simples: “amor, eu não gosto que você coloque a toalha em cima da cama, ela deixa o colchão molhado” já é o suficiente.

5. Agradeça, elogie e peça desculpas

Com o passar dos anos, algumas coisas acabam se perdendo nos relacionamentos. Por exemplo, o hábito de agradecer ao outro por pequenas gentilezas, ou de reconhecer os méritos e até mesmo de perdoar os erros.

Essas três atitudes têm um poder transformador na vida de qualquer casal. Não deixe que se percam na rotina da vida a dois. Sempre reconheça os esforços de seu parceiro, aceite seus próprios erros e entenda que a saúde do seu relacionamento depende de vocês!

Não importa se a outra pessoa faz a comida todos os dias, agradeça-a sempre e elogie o tempero. O mesmo vale para qualquer coisa: cuidar dos filhos, dar carinho, levar o cachorro para passear, recolher o lixo, comprar alguma coisa etc.

6. Faça pequenas surpresas

O grande vilão da vida a dois é a rotina. Quando damos um beijo de despedida apenas porque “é isso que tem que ser feito”, até ele perde o encanto. Isso é muito ruim, já que o casamento fica robótico e monótono

Para fugir dessa repetição, pequenas mudanças são necessárias. Ao dar o beijo de despedida, por exemplo, que tal tentar algo mais intenso e demorado? Antes de dormir, fuja do clássico boa noite e dê um abraço apertado e um beijo na testa de seu parceiro.

Além disso, incremente pequenas surpresas ao longo do mês. Vocês podem fazer uma comida diferente, comprar roupas íntimas novas, iniciar uma atividade juntos — ler o mesmo livro e discutir ou começar uma série, por exemplo — etc.

Vale até colocar música e sair dançando pelo quarto. O importante é fugir da rotina, deixar a preocupação de lado e se preocupar um pouco menos, mesmo que seja só por uma hora.

7. Procure ajuda

As dicas que falei até o momento são muito simples, fáceis de colocar em prática e dão resultado quase que imediatamente. Entretanto, nem todos os casais conseguem aproveitar isso.

Existem alguns casos em que o relacionamento está tão desgastado que pequenas ações, como as que falei aqui, não causam o impacto que deveriam. Se essa for a situação do seu casamento, está na hora de procurar ajuda.

Se você já tentou todas as dicas anteriores e não obteve resultados, não hesite em procurar uma orientação psicológica. O auxílio de um profissional da Psicologia pode ajudar você e seu parceiro a compreender a raiz do problema e encontrar uma solução.

Hoje em dia, é possível encontrar aconselhamento psicológico inclusive pela Internet, em um ambiente totalmente seguro e confortável, como é o caso do Portal Psicologia Viva. Assim você pode cuidar da saúde do seu relacionamento sem precisar sair de casa.

Se essa alternativa chamou sua atenção, marque uma consulta comigo! Estou pronto para ajudar você e seu parceiro a terem uma vida melhor.

Botão direcionando os leitores para o download de um ebook

Wendell Coutinho

Wendell Coutinho

Olá! Meu nome é Wendell Coutinho. Sou Psicólogo clínico e minha abordagem é a Análise do Comportamento.

Tenho experiência com atendimentos online, bem como terapias breves e hipnoterapia. Estou aqui para lhe ajudar a superar os desafios da sua vida. Se você tem algo que lhe incomoda, quer ter um melhor desempenho no dia a dia, ou se precisa de uma ajudinha extra para atingir seus objetivos (pessoais, amorosos e profissionais), conte comigo.

Eu acredito em uma Psicologia prática, objetiva e aplicável ao cotidiano. Por isso não vejo minha profissão apenas como algo para tratar doenças (apesar de isso ser de extrema importância), mas sim como uma forma de potencializar os talentos individuais e permitir que qualquer pessoa possa crescer na vida e ter sucesso.

Além do Psicologia viva, você também me encontra em:

meu site: http://ambientepsi.com.br
meu blog: http://blog.ambientepsi.com.br
minha página no Facebook: https://facebook.com/ambientePsi/
Wendell Coutinho

2 thoughts on “7 dicas para manter a saúde do seu relacionamento a dois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *