Síndrome de Pensamento Acelerado

Descubra se você tem a Síndrome do Pensamento Acelerado

O que é Síndrome de Pensamento Acelerado?

A Síndrome do Pensamento Acelerado foi descoberta pelo Psiquiatra Augusto Cury, que estuda o pensamento como ciência e está associada a um quadro de transtorno de ansiedade. Segundo ele, “O excesso de informação satura o córtex cerebral, produzindo uma mente hiperpensante, agitada, com baixo nível de tolerância, impaciente e sem criatividade”.

Qual o motivo da Síndrome de Pensamento Acelerado ser tão comum?

Nos dias de hoje, estamos sujeitos a uma quantidade imensa de informação. Somos convocados a estarmos cada vez mais “ligados” em tudo que está acontecendo ao nosso redor.

Esta quantidade excessiva de informação disponível, está bombardeando o cérebro, tornando comum, o surgimento de um grande número de pessoas com dificuldades de gerir emoções.

Estima-se que 80% da população sofra dessa síndrome atualmente. É um transtorno que afeta grande parte da sociedade moderna, inclusive crianças, devido a cobranças, expectativas, pressão e tensão.

Assim sendo, a energia que deveria ser destinada aos músculos e outros órgãos do corpo, é consumida pelo cérebro, fazendo com que a pessoa se sinta esgotada física e mentalmente.

Pode causar grandes prejuízos, dificultando o desenvolvimento de capacidades essenciais, tais como criatividade, inovação, reflexão, persistência.

Esta síndrome não está relacionada com a qualidade ou o conteúdo dos pensamentos, mas sim com a quantidade excessiva deles. O exagero de dados origina o fenômeno inconsciente RAM (registro automático de memória), transformando a mente em um depósito.  

O excesso de pensamentos, dificulta a concentração, aumenta a ansiedade, gera reatividade, intransigência e irritabilidade, além de não ser possível manter o foco. Atrapalha o gerenciamento da rotina, a sensação de ter muitas coisas a fazer e não conseguir concluir.

Há também uma dificuldade em lidar com perdas, decepções e falhas.

Que profissional pode me ajudar?

O diagnóstico da Síndrome do Pensamento Acelerado é feito pelo Psicólogo e/ou Psiquiatra, através da realização de um questionário específico e da escuta dos sintomas e história relatados pelo paciente.

Os sintomas são vários, mas podendo ser identificados facilmente:

  • Ansiedade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Lapsos de memória;
  • Cansaço;
  • Irritabilidade;
  • Inquietação;
  • Intolerância à contrariedade;
  • Mudança de humor;
  • Insatisfação constante;
  • Sintomas psicossomáticos: dor de cabeça, dores musculares;, queda de cabelo, gastrite, dentre outros.

Como é o tratamento?

O tratamento consiste em aliar a psicoterapia, que auxilia na gestão de emoções e controle de pensamentos; a medicação, com o uso de ansiolíticos e antidepressivos,; e a adaptação de hábitos de vida, tais como:

  • Atividade física regular;
  • Momentos de relaxamento e lazer;
  • Evitar longas jornadas de trabalho;
  • Não estar conectado 24 h;
  • Encontros presenciais com amigos;
  • Se ocupar do que realmente é importante em cada momento;
  • Diminuir o ritmo;
  • Relaxar.

Organizando e adaptando

É muito importante organizar a vida, a mente, se ocupar do que realmente importa. Deve-se aprender a silenciar a mente, praticando meditação, yoga, atividades físicas.

Treine a mente para a contemplação e entre em contato com a natureza. Proteja suas emoções, ria e sorria.

Cuidados com a alimentação e o corpo são essenciais. Também é importante controlar o acesso à tecnologia e informação, evitando excessos. A Síndrome do Pensamento Acelerado tem tratamento.  

Não deixe de procurar ajuda profissional, caso perceba que não está bem. Lembre-se, em tudo deve haver o equilíbrio.

Respire, Pense, Foque.

Adriana Rangel T Castanheira

Sou Psicóloga Clínica, com orientação em Psicanálise e pós graduada em Psicologia Hospitalar. Atuo em Psicologia Clínica há mais de 16 anos, com atendimento e orientação a adolescentes, adultos, idosos efamília.
Estudo a Psicologia Positiva, o que contribui muito na prática clínica, visando melhorar e aprimorar a qualidade de vida, com estratégias, conhecimento e informação, que podem ajudar as pessoas a viverem de uma maneira mais harmoniosa. A terapia é importante, pois entramos em contato conosco, promovendo a saúde e o autoconhecimento, nos preparando para viver momentos com mais leveza e felicidade.
Em minha experiência profissional, acredito que o acolhimento e uma escuta qualificados podem gerar grandes mudanças com ganhos significativos ao cliente.
Adriana Rangel T Castanheira

5 thoughts on “Descubra se você tem a Síndrome do Pensamento Acelerado

  1. Atualmente sinto quase todos esses sintomas, e confesso que isso me incomoda muito, principalmente os constantes lapsos de memória que passaram de raros a eventos com maior recorrência nos últimos meses. A constante insatisfação com o momento atual da vida, associado com a sensação de não cumprimento de metas esperadas desencadeiam um sentimento de frustração e pensamentos que não são positivos. Gostaria muito de romper essa barreira e me sentir uma pessoa normal novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *