Você sabe o que significa a Síndrome do Ninho Vazio?

O que é a Síndrome do Ninho Vazio?

Síndrome do Ninho Vazio é caracteriza pela saída do filho da casa de seus pais, onde os pais, cuja vida era organizada a partir da educação e da criação dos filhos, começam a sentir-se sem sentido por terem passado décadas se dedicando ao filho e encontram-se sem realizar tal tarefa. 

Ou seja, é o sofrimento associado à perda do papel parental com a saída dos filhos da casa dos pais.

Os comportamentos dos pais

Os pais começam a sentir uma tristeza muito forte que muitas vezes podem ser comparadas a uma depressão. Mas essa tristeza tem um motivo muito preciso, e algumas vezes carregadas de comportamentos para tentar “sentir” que o filho ainda está em casa. 

Tais comportamentos podem ser: visitar com frequência o quarto do filho que saiu de casa, e até mesmo borrifar o perfume do filho; entre outros comportamentos que fazem sentir-se mais próximo do filho. 

Também pode ser carregado de pensamentos, como os de se sentir sozinho e sem função. Além disso, tais pensamentos podem despertar uma tristeza profunda seguida de choro. No entanto, a pessoa que passa por isso nem sempre consegue entender o que está acontecendo consigo mesma. 

A Terapia Cognitivo-Comportamental e a Síndrome do Ninho Vazio

Contudo a Terapia Cognitivo-Comportamental acredita que ideias como “sinto-me sozinho” ou “não tenho mais função”, podendo estar associada à síndrome do ninho vazio, são pensamentos automáticos que vão se formulando com o passar do tempo e se reafirmando através das situações que o sujeito passa.

Nesse sentido a Terapia Cognitivo-Comportamental possui técnicas para que as pessoas possam lidar com esse sofrimento, passando por um entendimento e uma ressignificação dos pensamentos automáticos. 

Portanto, se você está se sentindo triste porque seu filho(a) saiu de casa e reproduzindo tais comportamentos citados ou comportamentos parecidos, pode ser que você esteja passando pela Síndrome do Ninho Vazio. Dessa forma, seria importante buscar ajuda de um psicólogo clínico, este profissional te ajudará a se sentir melhor e a curtir a nova fase de sua vida de maneira mais equilibrada e saudável! ?

Gabrielle Dias dos Santos Lages

Sou psicóloga clínica e possuo experiência em orientação de pais, atendimento psicológico com crianças e adolescentes com desregulação emocional, como medo, raiva, nojo e tristeza, além de transtornos depressivos, ansiosos, obsessivos compulsivo, déficit de atenção e hiperatividade, opositor desafiantes e aprendizagem. Também possuo experiência com avaliação psicológica e reabilitação de leitura, escrita e aritmética de crianças com dislexia e discalculia. Para tais atendimentos utilizo da Terapia Cognitiva Comportamental e da Neuropsicologia que são baseadas em evidências científicas. A Terapia Cognitiva Comportamental tem como principal objetivo ensinar os pacientes como suas emoções, pensamentos e comportamento influenciam diretamente em seu modo de ver e agir consigo mesmo, com os outros, o mundo e o futuro. É orientada em metas e resolução de problemas com ênfase em resultados , ou seja, na remissão de sintomas e prevenção de recaída. Já, a Neuropsicologia atua no diagnóstico, acompanhamento, tratamento e pesquisa da cognição, das emoções, da personalidade e do comportamento sob o enfoque da relação entre estes aspectos e o funcionamento cerebral. Para a reabilitação da leitura e escrita, utilizo método fônico e para a reabilitação da aritmética utilizo o programa Calcularis.
Gabrielle Dias dos Santos Lages

Últimos posts por Gabrielle Dias dos Santos Lages (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *