Transtornos de ansiedade generalizada: entenda mais sobre isso

O que é o transtorno de ansiedade generalizada?

É um sentimento de constante temor, anseio, apreensão, alerta, preocupação excessiva com respeito a uma ameaça futura. Esta é acompanhada de sintomas físicos ou de pensamentos automáticos ruminativos e que são mais negativos, o que leva o indivíduo a um sofrimento constante e intenso prejuízo em relação às tarefas diárias, vida profissional e social.

A ansiedade considerada boa e funcional é proporcional às dificuldades enfrentadas, e  portanto, promove o enfrentamento das atividades diárias de forma mais saudável. Já a ansiedade irracional é desproporcional à dificuldade e/ou improdutiva diante das dificuldades, causando uma ansiedade patológica e que prejudica nossa vida em todos os sentidos. 

Ansiedade e medo

A ansiedade é uma resposta emocional provocada pelo medo. Portanto, medo “é a  avaliação de perigo; ansiedade é o estado de sentimento desagradável evocado quando o medo é estimulado” (Beck et al., 1985, p.9). 

A ansiedade por outro lado, descreve um estado de “apreensão ansiosa” que inclui fatores cognitivos além do medo, tais como  aversão percebida, incontrolabilidade, incerteza de se obter resultados desejados. 

Tanto o medo como a ansiedade envolvem uma forma disfuncional de lidar com o futuro, de maneira que questões “e se?” predominam na mente humana, por exemplo: “e se eu não passar naquela prova?”, “e se meu marido me largar ?”, “e se eu não conseguir memorizar tudo para o Enem?”, “e se eu não conseguir terminar relatórios e ligações telefônicas que o chefe pediu?”, “ e se eu não conseguir sair dessa?”, “e se me der um branco na  hora de falar?”, “e se as palpitações do meu coração provocarem um ataque cardíaco?”. Tantos “e se” que ficamos atordoados diante da nossa realidade. 

A ansiedade é uma dificuldade de relaxar, de parar de se preocupar. Segundo David Clark e Aaron Beck, os sintomas característicos do transtorno de ansiedade generalizada são:

  • Atente-se se a ansiedade tem ocorrido na maioria dos dias pelo menos entre 4 a 6 meses persistentemente que afetam o desempenho escolar ou profissional;
  • Irritabilidade;
  • Palpitação; 
  • Dores musculares;
  • Inquietação;
  • Diarréia ou intestino preso;
  • Boca seca;
  • Roncos abdominais;
  • Dificuldade para dormir ou manter o sono e outros sintomas afins;
  • Hipervigilância (pessoas que têm o pensamentos acelerados o dia todo e que querer fazer várias coisas ao mesmo tempo);
  • Dificuldade em se concentrar ou muitas vezes experimentam “branco” na mente.

A ansiedade e a vida de hoje

As pessoas nos dias de hoje têm muita dificuldade de controlar as preocupações pelas questões provenientes do que elas vivenciam e por terem uma vida ocupada e cheia de cobranças e obrigações.

O tratamento é feito muitas vezes com a psiquiatria e principalmente com a psicoterapia presencial e/ou online. Temos tido muitos pacientes que relatam ter transtornos de ansiedade generalizada e que tem tido bons resultados com nossos tratamentos online.

Além da escuta profissional temos utilizado em vários casos algumas ferramentas que auxiliam em um bom resultado, que são as técnicas criadas por Aaron Beck e Judith Beck. Por  exemplo: técnica de Registro de pensamentos disfuncionais, que é o registro daquilo que eu penso, o que eu sinto e como eu ajo diante das situações), treino cognitivo para mudanças de pensamentos diante da ansiedade, técnicas de respiração diafragmática, técnicas de relaxamento muscular progressivo de Jacobson, dentre outros, dependendo de cada caso. 

Faça atividades em grupo que te ajudem a socializar-se e interagir com os outros. Saia do ambiente de estresse se possível. Permita-se ter momentos de lazer, vida social e familiar com mais qualidade. Pratique a atenção plena, atividades físicas. Lembrando que a alimentação diferenciada ajuda no processo de tratamento para que seja mais positivo.

Tenho uma paciente X que começou a fazer a terapia online pela Psicologia Viva com diagnóstico de TAG, que é transtorno de ansiedade generalizada, e da mesma forma como no presencial eu, como profissional, trabalhei com a paciente X durante aproximadamente 16 sessões com duração de 50 minutos, terapia  com ética e sigilo profissional, utilizando algumas técnicas com o paciente e também com uma participação desta no treino cognitivo e nas tarefas terapêuticas. 

A paciente em tratamento online relatou melhoras significativas, pois a partir da 2ª sessão online em diante foram aplicadas ferramentas da Terapia cognitiva citadas acima para auxiliar no processo de tratamento. 

Exemplo das sessões terapêuticas 

Primeira Sessão: Avaliação e Consulta 

O psicoterapeuta faz uma avaliação para detectar os fatos e causas do problema do paciente inserido em sua história de vida (uma anamnese), terapia de forma estruturada, breve, com testes (quando necessário) e técnicas de Bernard Rangé e Aaron Beck, tarefas terapêuticas a serem seguidas para melhor resultado e assim  poder direcionar o tratamento de acordo com as necessidades de cada um. A primeira sessão é uma preliminar de conhecimento sobre a história do pacientes e suas queixas.

Segunda Sessão e sessões subsequentes

São ensinados procedimentos para neutralizar os pensamentos irracionais e fantasiosos que causam o medo e ansiedade, utilizando durante várias sessões a técnica de Registro de Pensamentos Disfuncionais, citado anteriormente, para que o paciente aprenda a técnica e vá conseguindo ressignificar seus pensamentos, a forma de sentir e agir diante das situações apreensivas. 

Nas sessões seguintes são aplicadas outras técnicas de Aaron Beck e Bernard Rangé, técnicas de relaxamento e controle de respiração que diminuem a ansiedade sempre validando as emoções do paciente e motivando-o em seu tratamento.

Houve relatos dessa paciente X (citada acima, depois da 8ª a 10ª Sessões) de seu progresso no tratamento online, e que tinha se sentido bem melhor diante de suas queixas no início, e que já conseguia voltar a fazer suas atividades. 

As vantagens da terapia online

O paciente me mandava fotos de atividades que voltava a realizar, e que havia conseguido melhorar e ter um desempenho bem mais eficaz e sem aquela ansiedade prejudicial  que tanto a perturbava no início da psicoterapia. 

Nós, psicólogos da Psicologia Viva, temos sentido muito orgulho de participar da plataforma com terapia online, em poder obter melhoras importantes no funcionamento diário dos pacientes em suas atividades profissionais, sociais e familiares. 

É gratificante estar sempre nos importando com estes que precisam fazer terapia online, com qualidade profissional, de forma mais flexível, evitando o trânsito intenso e na tranqüilidade e conforto da sua própria casa.

Obs: Alguns exemplos citados anteriormente estão relacionados a situações vivenciadas por pacientes na terapia online e são falas marcadas pela insegurança, medo do novo, do desconhecido e outros fatores em torno da vida do paciente. 

Não fique sofrendo de ansiedade, estresse, depressão, angústia e fobias, pode-se comprovar com pacientes que além do tratamento online ser semelhante ao presencial, você pode perceber o quanto pode melhorar e ter um novo olhar sobre si mesmo, o mundo e as pessoas, e assim ter uma boa qualidade de vida mental, social e profissional. 

Procure-nos, queremos lhe ajudar da melhor maneira possível com profissionais qualificados e que estão em constante atualização em seus estudos para lhe dar um tratamento com bons resultados.

Referência Bibliográfica 

DAVID A.Clark ,Aaron T. Beck, A.T.Terapia cognitiva para transtornos de ansiedade. Porto Alegre: Artmed,2012.

BERNARD P. Rangé, Angélica G. Borba.- Vencendo o pânico: terapia integrativa para quem sofre e para quem trata o transtorno de pânico e agorafobia.-Rio de Janeiro: Cognitiva,2008.

 

REJANE AMARAL DE SOUSA

Ser psicóloga não apenas ter um diploma em mãos, mas saber ter uma escuta precisa, uma alma e uma mente pronta a ouvir o outro, analisar, interpretar e interviradequadamente em se tratando de suas queixas, angústias, conflitos, ajudandoo paciente ater uma melhor compreensão de si, das pessoas e da vida .Trabalho com a psicoterapia psicanalítica e também atendo casos na terapia cognitiva. Faço atendimentos com jovens, adultos e idosos em consultório por 7 anos consecutivos e atendimentos online.Trabalho com ética, dedicação, cautela, sigilo e compromisso com o paciente.
Experiências em transtornos de ansiedade, estresse, fobia social, depressão , transtornos alimentares , transtorno de estresse pós traumaticos, transtorno bipolar e outros. Atualizações em cursos , seminários e congressospara resultados eficazes na clínica.
REJANE AMARAL DE SOUSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *