Perca a vergonha de falar em público e conquiste o mundo!

Muitas pessoas têm vergonha de falar em público e acabam perdendo oportunidades de expor suas ideias, dificultando sua vida pessoal e profissional.

Seja na roda de conversa com os amigos, aquele assunto que você tanto queria debater, mas na hora que ele surgiu você não soube falar e deixou o momento passar, ou mesmo aquela palestra sobre o assunto que você domina muito bem, mas a vergonha do público te fez perder a oportunidade de ser reconhecido na empresa, ou aquele vídeo bem curtinho e rápido sobre você mesmo que iria te ajudar a dar visibilidade a sua página que você ainda não fez por vergonha do público. 

Falarei sobre alguns pontos importantes que irão te ajudar a perder a vergonha de falar em público e que podem até ser usadas nas situações do dia a dia nas empresas.

Reconhecendo os motivos de se ter vergonha de falar em público

Pense na sua vida, se ocorreu algum fato traumático que te levou a ter vergonha de falar em público, alguma apresentação escolar por exemplo. Reconheça esses momentos e lembre-se que você já não é mais o mesmo do momento ocorrido. Muita coisa aconteceu de lá para cá, você mudou, nós estamos em constante mudança e aprendizado. Neste momento você pode falar em público.

Seja educado e sorria sempre que possível

Comece cumprimentando as pessoas que você convive e sendo educado com elas, seja cortês, dando um bom dia, por exemplo. Sempre que possível sorria e olhe para a pessoa ao cumprimentá-la, pois assim ela saberá que foi vista e terá mais empatia ao falar com você.

Empatia ao ouvir e ao falar

Muitos mal entendidos são causados por ouvirmos apenas para responder e não para entender. Seja empático ao ouvir, coloque-se no lugar do outro. Antes de falar pense no que irá responder, elabore mentalmente sua fala e analise como ela irá parecer para a pessoa que irá escutar. 

Utilize palavras e metáforas que sejam conhecidas por ambas, certifique-se que sabe do peso que suas palavras tem sobre aquela pessoa para não haver mal entendidos.

Articule sua fala

Ao falar procure articular bem as palavras, fale pausadamente e ritmicamente, sem parecer monótono ou rápido demais. Se estiver nervoso, respire fundo e fale com calma, prestando atenção na articulação das palavras e na entonação de sua voz, para que não soe alegre em situações tristes, por exemplo, e cause mal entendidos.

Tenha uma boa postura 

A postura fala sobre a confiança que você tem sobre o assunto e que você tem em si mesmo. Portanto, deve-se ter sempre uma boa postura física para demonstrar confiança em si mesmo, o que fará com que as pessoas tenham confiança em você, e uma boa postura sobre o assunto, o que despertará o interesse das pessoas no que você tem a dizer.

Isso poderá abrir espaço para interesses em outras áreas, sendo muito bom para o desenvolvimento relacional e profissional.

O seu conhecimento é importante e pode ser muito útil às pessoas

Todos nós possuímos algum conhecimento adquirido, seja de nossas vivências ou de nossas leituras, de aprendizados com outros, etc., este conhecimento que um dia foi útil para você pode servir para outra pessoa também, não hesite em compartilhá-lo.

Não tenha medo de parecer bobo

Este pensamento está muito ligado à autoestima pessoal e ao pensamento do que irão pensar de mim. Este medo pode ser resolvido trabalhando a inteligência emocional e a autoestima. 

Em alguns momento todos nós temos medo de parecermos bobo, porém você deve passar por cima desse pensamento e aceitar que as pessoas podem ou não gostar de você e do que você falou, e que está tudo bem. 

É importante também aprender a lidar com a autocrítica e com as críticas alheias, para que se tenha uma melhor desenvoltura para falar com o público e, consequentemente, um feedback mais positivo.

Aprenda a lidar com o medo de errar 

Se você tem medo de errar, lembre-se que todos erram, portanto é normal cometer erros. Se acontecer algo de errado isso não é motivo para desistir de tudo que conseguiu até agora, é necessário aprender com este erro, analisando em que você errou, como deveria ter sido feito. Se há conserto, devemos pensar: como pode ser consertado? Se não há, tentar não cometer o mesmo erro. 

Faça um roteiro de sua fala 

Caso você esteja se preparando para um momento importante, você pode sentir-se mais seguro fazendo um ensaio com possíveis cenários e suas melhores falas, elaborando um roteiro para ter uma ideia geral do que se deseja abordar, e assim ganhar mais confiança de que escolheu os pontos e palavras corretas.

Escolha um assunto e estude-o, mas dê preferência a assuntos que você possui um domínio maior. Faça resumos sobre o assunto e monte um esquema abordando os pontos principais da sua pesquisa, colocando a sua opinião explique o que você pensa sobre isso e como chegou a essa posição.

Interagindo com o público

No momento de sua fala, dê exemplos práticos do dia a dia para que as pessoas assimilem melhor a sua ideia, faça questionamentos e reflexões para verificar se estão entendo o que você está dizendo, utilize o bom humor para deixar os assuntos com carga emocional densa um pouco mais leves e chamar a atenção do público.

A última dica é manter o contato visual com o público, mas caso não se sinta confortável em fazê-lo, escolha pontos específicos, como por exemplo objetos perto do público, para direcionar seu olhar, com o fim de que não se perca o contato visual que é de extrema importância na relação, pois te deixa mais perto das pessoas, dando a sensação que você está atento ao que elas estão fazendo.

Isso atrai o olhar delas para você, fazendo-as instintivamente prestar atenção à sua fala.

E aí, gostou do conteúdo? Deixe um comentário, e vamos conversar! 🙂

Alexia Daniely Albuquerque

Olá, sou psicóloga clínica, auxilio as pessoas a lidarem com suas angústias, com problemas emocionais, comportamentais, de relacionamentos, entre outros. Trabalho com abordagem de base Analítica e Cognitivo Comportamental. A terapia é um processo contínuo que proporciona o reencontro pessoal e abre portas para mudanças e conclusões, bem como para o início de novas jornadas. Possuo ampla experiência profissional com atendimento à crianças e adolescentes (apenas no presencial e com autorização dos pais) e adultos (presencial e online). Minhas temáticas principais de trabalho são mulheres; gestantes; orientação aos pais; depressão; ansiedade; síndrome do pânico; déficit de atenção e hiperatividade; estresse; luto; desenvolvimento pessoal; conflitos familiares, amorosos e de relacionamentos, entre outros. Caso deseje atendimento ou esclarecimento de alguma dúvida pode entrar em contato comigo através do whatsapp . Estou aqui para ajudá-lo (a).
Alexia Daniely Albuquerque

Últimos posts por Alexia Daniely Albuquerque (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *