Mãe com bebê e computador demonstrando que é possível conciliar vida pessoal e profissional.

6 estratégias para conciliar a vida pessoal e profissional

Até o começo dos anos 2000, sucesso no trabalho significava dedicar-se 12 ou 14 horas por dia ao emprego. Quanto mais um executivo parecia estressado e sem tempo para a família, maior a impressão de que se tratava de alguém importante e talentoso. Vida pessoal e profissional estavam frequentemente amalgamadas, sem fronteiras distintas, e essa realidade era vista com naturalidade ou, pelo menos, sem grandes questionamentos.

Embora este cenário ainda seja muito comum, inúmeras organizações começam a perceber que a produtividade de um indivíduo está intimamente ligada à sua qualidade de vida. E que equilibrar esta relação é um enorme desafio, agravado pela onipresença de tecnologias que nos tornam conectados e “disponíveis” 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Como fazer, então, para buscar o equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional? Vamos abordar algumas alternativas práticas que ajudarão você a lidar melhor com essa situação!

Tenha consciência e parta para a ação

Quem enfrenta um dilema como esse, precisa entender que todo processo de mudança deve partir da própria pessoa. Ela mesma deve reconhecer que há algo errado para que assim, ela possa procurar alternativas que preserve suas relações pessoais, favoreça a convivência com a família e permita oportunidades de lazer e descanso, dentre outras necessidades básicas para uma existência saudável e produtiva.

Defina as suas prioridades

O que você quer da vida, de verdade? Todas as decisões importantes dependem desta descoberta. Mais tempo para os filhos? Oportunidade para concentrar-se e finalmente começar a escrever aquele conto? Viajar e ficar “invisível” por quatro semanas? Quando você souber quais são as metas que te farão mais feliz, finalmente terá clareza para traçar seus planos.

Reserve um tempo do seu dia para ficar off-line

Pode parecer, mas o mundo não vai terminar se você desligar o smartphone por algumas horas. Não sabote seus relacionamentos com a desculpa de que a empresa vai te punir! Procure dedicar-se física e mentalmente aos momentos em que estiver na presença de amigos e familiares, ou você parecerá cada vez mais um autômato.

Movimente-se

Qual foi a última vez que você praticou algum esporte? A atividade física é um antídoto natural contra o estresse. Se você não pode evitar os problemas e precisa pensar em alternativas de ação para aplicar nas demandas do trabalho, ao menos faça isso enquanto completa uma caminhada de 50 minutos.

Tenha disciplina

A desorganização pode ser mais tóxica do que um chefe incompetente ou opressor. Quando você planeja suas atividades, o tempo parece se multiplicar. Por outro lado, quando não há lógica na distribuição de tarefas e tudo é feito de maneira aleatória, nem mesmo as 24 horas do dia serão suficientes para cumprir com os compromissos assumidos. Estabeleça um método de ação e pare de pôr a culpa no relógio o tempo todo!

Reconheça seus limites e busque ajuda

Que tal contar com o apoio de um psicólogo para encontrar boas soluções? A orientação certa poderá te fortalecer, permitindo que você esteja apto a superar momentos de maior dificuldade emocional para então, tomar decisões mais acertadas.

Gostou do texto? Deixe um comentário neste post e compartilhe sua opinião sobre os desafios de conciliar vida profissional com a vida pessoal!

 

Como a mudança de postura ajudar a alavancar sua carreira

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva

One thought on “6 estratégias para conciliar a vida pessoal e profissional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *